Qual é seu estilo de gestão?

por Josue
Acessos: 286

Boa parte dos gestores hoje, peca no que é fundamental, a "gestão de gente". Este erro é muito comum, e cada vez mais torna-se um obstáculo para o alcance de metas agressivas que são estipuladas pelo negócio. Sabe-se que o mais valioso ativo de uma empresa, não são apenas máquinas e equipamentos, e sim pessoas. Porém, não podemos ser hipócritas, pois pilares como processos e sistemas são essenciais na "vida" de qualquer organização. Por isso, a união destes 3P, além de ser um diferencial, com certeza levará seu negócio a um patamar superior.

O estilo de liderança flexível ganha mais espaço, pois conduzindo sua gestão de forma situacional, as chances de ter sucesso em suas operações aumentam consideravelmente. É função do líder, o direcionamento e acompanhamento junto a todos os seus subordinados.

Abaixo, sugestão para uma gestão situacional.

Estilos de gestão situacional

Características do gestor - Quadrante para as 4 fases

Instruir (fase 1) - Esta fase, o gestor precisa ser um mentor, e é necessário que seja: específico, paciente, didático, motivador, empático, tome decisões, monitore e forneça feedback constante.

Guiar (fase 2) - Esta fase, o gestor precisa ser um guia, e é importante que: Acompanhe constantemente, determine objetivos a curto e médio prazo, corrija sempre que houver necessidade, de liberdade limitada para execução, tenha uma reflexão guiada, forneça recursos, tome decisões e forneça feedback constante.

Encorajar (fase 3) - Esta fase, o gestor precisa confiar um pouco mais no colaborador, e é importante que: elogie, reconheça, confie, seja um entusiasta, direcione e clarifique o plano de desenvolvimento junto ao colaborador.

Dar poder (fase 4) - Esta fase, o gestor pode "empoderar", confiando ainda mais no colaborador, e é importante que: confie plenamente, seja ouvinte, seja empático, motive constantemente e fixe metas mais agressivas.

Estas são apenas algumas das oportunidades, que nós como líderes, temos como obrigação, pois somos corresponsáveis por promover o desenvolvimento de pessoas e também conquistar resultados para que o negócio cresça de forma saudável.

Há sim, espaço entre a gestão humana e a gestão de exatas, o segredo é: como você prioriza isso na sua companhia e/ou ambiente de trabalho?

Deixe seu comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado